sábado, 8 de novembro de 2008

Aptidao fisica - saúde e habilidades desportivas


Trabalho realizado pela Diana,a Helena e a Joana Costa (com alteraçoes minhas)

Devem dar mais atençao para o teste ás componentes relacionadas com a saude, nao esquecendo no entanto as relacionadas com as habilidades desportivas.


O que é a aptidão física?


É a capacidade de realizar níveis moderados ou vigorosos de actividade física sem evidenciar sinais exagerados de fadiga. Significa de um modo geral realizar as actividades da vida com entusiasmo, suportando esforços físicos exigentes e inesperados.

A aptidão física relaciona-se com duas vertentes, a saúde e as habilidades desportivas.

A saúde engloba componentes que afectam a qualidade desta (aptidão cardiovascular, composição corporal, flexibilidade e força e resistência muscular) e as habilidades desportivas referem-se a actividades motoras necessárias para a pratica e o sucesso em varias modalidades desportivas (agilidade, equilíbrio, velocidade e potencia).

Saúde:

A saúde pode ser entendida como um bem-estar físico, psíquico e social, e não apenas como ausência de doença ou debilidade. A saúde resulta da interacção entre o seu património genético, os seus comportamentos, o ambiente físico e a sociedade em que se vive. A aptidão física é também um produto resultante de práticas habituais da actividade física (atributos adquiridos pelo individuo) e, principalmente, função da hereditariedade (atributos que o individuo possui).

Componentes da saúde:


Capacidade cardio-respiratória:
É a capacidade do coração bombear sangue e levar o oxigénio a todo o corpo para desenvolver a capacidade cardio-respiratória, utilizam-se actividades que envolvam grandes grupos musculares, com movimentos repetitivos durante um período de tempo superior a 15 minutos.
Ex.: ciclismo, natação, caminhada, remo, corrida…

Capacidade trabalho muscular:
É a capacidade de um músculo realizar movimentos por um período prolongado. A resistência muscular tem como objectivo desenvolver no indivíduo uma melhor aptidão cardiovascular. Como o próprio nome indica, essa capacidade física visa dar uma maior resistência à fadiga. Através desse tipo de treino, consegue-se uma definição muscular muito evidente devido ao fortalecimento da musculatura e da consequente oxidação da camada lipídica (gordura) subcutânea decorrente do treino.

Flexibilidade:
É a capacidade de movimentar as articulações com amplitude e sem dor. A execução de exercícios de alongamento para a melhoria da flexibilidade é importante para prevenir dores nas costas e nos músculos.

Força muscular :
É o grau de tensão exercido pelo músculo contra uma resistência.
Necessária para o nosso dia-a-dia e previne doenças.

Composição corporal:
Devemos ter em conta a massa magra (ossos, músculo e água) e a massa gorda. Essas percentagens fornecem uma visão global da saúde e aptidão física de acordo com o peso, saúde e idade. Peso e gordura são frequentemente associados, mas nem sempre essa relação é totalmente verdadeira. Ser pesado não implica obesidade. Muitas pessoas “em forma” são pesaJustificar completamentedas, devido à quantidade de massa muscular.
A gordura é um importante componente do corpo, e desempenha funções importantíssimas como armazenamento de energia, protecção e regulam a temperatura corporal e importantes processos metabólicos.


Habilidade desportiva

Componentes das habilidades desportivas:

Agilidade:
Capacidade de realizar movimentos de curta duração e alta intensidade com mudanças de direcção, ser-se ágil.
Depende da integridade do sistema nervoso e avalia a capacidade muscular. Componentes: Velocidade de Reacção e Velocidade de movimento.

Equilíbrio:
Estado de repouso, em que se acham os corpos solicitados por forças iguais e contrárias;

Velocidade:

É a capacidade que o nosso corpo tem de se deslocar no menor tempo possível.

Potência, tempo de reacção e coordenação:
Potência: velocidade a que é transferida energia ou a que é realizado trabalho.

O tempo de reacção é definido como o tempo que decorre entre o início do estímulo e o início da resposta solicitada. Este tempo de reacção pode ser dividido em dois tipos:

Tempo de reacção simples - É o tempo que separa uma excitação sensorial de uma resposta motriz que o atleta já conhece previamente. Implica uma resposta simples a um estímulo já conhecido;

Tempo de reacção complexo - É uma variante do tempo de reacção que se manifesta muito na actividade física em que a sua característica mais significativa é a variedade de estímulos a que o atleta tem que atender, bem como às suas enormes possibilidades de resposta. De entre uma variedade de estímulos o atleta terá que eleger, dentro das várias respostas possíveis, a mais adequada para alcançar o máximo rendimento desportivo.

Coordenação: mecanismo regulador do funcionamento harmónico e inter-relacionado dos músculos que produz movimentos conjugados e precisos.

Sem comentários: